Marcelo Lemos preside sessão, marcada por cobranças sobre a obra de esgotamento no 2º Distrito

por Roni publicado 14/12/2022 14h15, última modificação 14/12/2022 14h15
VEREADORES ENTRAM EM CONSENSO SOBRE A CRIAÇÃO DE UMA COMISSÃO PARA ACOMPANHAMENTO DA OBRA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO

A sessão da noite desta terça-feira (13), a 39ª, teve a aprovação de quatro projetos em votação única (números 4230, 4235, 4236 4237) e dois em segunda votação (265 e 266) e encerrou o período de sessões ordinárias em 2022 na Câmara Municipal de Ji-Paraná. Presidida pelo vereador Marcelo Lemos (PSD), em razão do vereador Welinton Fonseca (MDB) estar em viagem, a sessão foi marcada por cobranças sobre a obra de esgotamento sanitário no Segundo Distrito, o que fez com que fosse sugerida a criação de uma comissão de acompanhamento da obra.

Para o vereador Marcelo Lemos, é inadmissível que a população seja penalizada por uma obra que se arrasta há anos e que vem causando tantos prejuízos e acidentes. Reforçando o discurso de Lemos, Elvis Gomes (Republicanos) informou que o prefeito Isaú Fonseca (União Brasil) tem feito um grande esforço para que a obra seja conduzida de forma a não causar tantos problemas, mas que não tem por parte da empresa que a executa a mesma seriedade. Ainda sobre a obra de esgotamento, Lorenil Gomes (PSDB) disse que o projeto atual é muito diferente do apresentado no ano de 2012, quando a obra foi planejada, e que as críticas ao prefeito são injustas, já que ele tenta de todas as formas uma solução, mas sem apoio financeiro pra isso, mas mesmo assim está trabalhando para amenizar o problema.

Lorenil Gomes disse ainda que essa obra deve durar entre 6 e 10 anos para que seja concluída.